terça-feira, 22 de maio de 2018

Ouça: Ricardo Coutinho anuncia que não realizará adutora do Médio Piranhas


POR: Genésio Oliveira EM 22 de maio de 2018 - Categoria: Regional

O governador Ricardo Coutinho anunciou, que irá suspender a contratação dos 500 policiais que serão aprovados no concurso da Polícia Militar e obras nas áreas de segurança hídrica poderão deixar de ser realizadas, como a adutora do Médio Piranhas.

“Eu também não poderei licitar uma obra essencial, que é a adutora da região 89, em Catolé do Rocha. Quando chegar a transposição do eixo Norte captaria água diretamente do rio Piranhas, estabelecendo segurança hídrica, beneficiando a população de Bom Sucesso, Mato Grosso, Jericó, Lagoa e Brejo dos Santos”, comentou.

A medida, segundo o gestor, será necessária para que o Estado possa repassar R$ 2 milhões a mais do duodécimo para o Tribunal de Justiça da Paraíba, atendendo uma determinação do Supremo Tribunal Federal.

OUÇA:

Resposta do TJPB

“O governador Ricardo Coutinho deve cumprir seu dever constitucional e repassar sem descontos as verbas duodecimais dos outros poderes. O cumprimento dessa obrigação não o impedirá de contratar novos policiais, quando terminar o concurso que está em andamento, nem desencadear outras ações em favor da segurança e da saúde dos paraibanos. Ele pode, por exemplo, economizar em gastos com as mordomias da Granja Santana, com a publicidade enganosa de sua administração, com a campanha antecipada de seus candidatos ao governo ao Estado e ao Senado, com os desperdícios da incompetência gerencial de muitos setores de sua administração”, disse o advogado do Tribunal de Justiça, Eitel Santiago.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *