quinta-feira, 2 de dezembro de 2021

Justiça nega pedido de cassação do prefeito de Mato Grosso


POR: Genésio Oliveira EM 2 de dezembro de 2021 - Categoria: Mato Grosso

A juíza Fernanda de Araújo Paz, da 36ª Zona Eleitoral, julgou improcedente uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) que pedia a cassação do prefeito e vice de Mato Grosso, Doca Lima e Gidalva Lima.

Eles foram acusados pelo Partido Liberal (PL) de Mato Grosso por suposto abuso de poder econômico e político nas eleições de 2020. A sentença foi publicada no dia 25 de novembro no Diário da Justiça Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

Para negar o pedido de cassação, a juíza Fernanda Araújo levou em consideração a fragilidade das provas. “Os fatos narrados na peça inicial não se demonstram suficientes para embasar eventual julgamento pela procedência da presente ação”, destacou a magistrada.

VEJA A SENTENÇA ABAIXO



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *